Os Monstros! Que bebem Suquinho de Pera.

 Esses dias eu vi no Facebook a postagem sobre uma mulher, que fez um filho pedir desculpas a uma coleguinha que ele havia empurrado na escola, entregando o vaso de flores. Esta é uma atitude muito louvável porque esta mãe com certeza criará um cidadão de valor que aprender a respeitar as mulheres.

O que me deixou assustada foram os comentários das pessoas sobre esse fato. Muitas delas diziam que a mãe deveria ser presa, porque colocou menino de castigo no quarto e depois obrigou o “Coitadinho” a pedir desculpas para colega, que menino é assim mesmo, que criança é assim mesmo, mi mi mi …..

criancamalcriadaemimada

 

 

 

 

 

 

 

 

Sinceramente o que essas pessoas têm na cabeça?

Desde quando esta Mãe merece ser presa por tentar transformar seu filho em um homem de bem?

É esse tipo de gente que está criando os monstros que hoje agridem, estupram e assassino mulheres friamente.

Essa geração de Monstrinhos Bebedores de Suco de Pera,

Não passam de Parasitas fofinhos e assustadores capazes de tudo até mesmo de abusar de mulheres, crianças e animais!

Eles não têm limites para nada não conseguem conviver com as decepções.  E aí de quem disser não para esses reizinhos! Com certeza será estuprado, agredindo ou  morto!

E o pior de tudo é que esses Pais e Mães acham que tomando essa atitude estão fazendo com que os filhos sejam felizes. Talvez eles tenham sido oprimidos quando crianças e agora pensam que o melhor é deixar os filhos ao Deus Dará!

Eles não entendem que na verdade estão criando pessoas inúteis e egoístas, incompletamente inaptas para vida real.

Eu era filha única e fui mimada pela minha mãe, mas nunca ela permitiu que eu fosse mal criada com as pessoas, desrespeitasse meus professores ou deixasse de valorizar o que era oferecido pela família.

Se eu aprontasse ficava de castigo!

Se errar a criança tem que ficar de castigo para entender que os seus atos têm consequências.

E não me diga que a criança é muito nova, pois o caráter é formado antes dos 7 anos! Não adianta querer corrigir quando estiver com 15, 20 ou 40!

Eu não digo que se vá maltratar ou espancar a criança, mas ela tem que aprender a ter limites a se comportar em sociedade para o seu próprio benefício, pois do contrário acabara destruindo a sua própria vida quando adulta!

Nestes muitos anos que eu atendo pacientes. Muitos deles vem reclamar dos filhos e ficam bravos quando eu digo que eles mesmos criaram essas monstruosidades, graças a esse tipo de deseducação, deixam os filhos fazer tudo o que lhe der na lata destruir, jogando tudo fora, não respeitando nada nem ninguém.

Esses pais e infelizmente , essas mães, tem o que eu chamo de “Síndrome da Dona Florinda”: para eles os seus filhinhos são tesouros enquanto todos os outros não passam de gentalha!

Vizinhos, avós, professores e coleguinhas de escola devem aguentar a falta de educação, de respeito, a desonestidade e crueldade dos seus herdeiros.

Pela Minha experiência em todos esses anos, nunca vi nenhuma dessas criaturas que foi criada com um suquinho de pêra e papai e mamãe passando a mão na cabecinha, que não tivesse se tornado um completo inútil ou então um bandido, que acabou sendo morto pela polícia ou pelo seus próprios companheiros de crime..

Quando esses pais me procuram a maioria diz que o filho está andando em más companhias eu nunca vi nenhum deles admitir que o filho seja a má companhia.

Eles preferem se comportar como avestruzes com a cabeça no buraco ao invés de corrigir e procurar transformar os filhos em pessoas de valor.

Depois essas criaturas se tornam inúteis que vemos sentados nos bancos reservados do transporte público fingindo de mortos para ignorar idosos, deficientes e grávidas.

Depois nós vemos esses covardes dando socos na cara das professoras.

O triste destino desses pais é serem agredidos e até mesmo, mortos por esses filhos que se tornam ingratos, pois não aprenderam a ter respeito pelos semelhantes e nem por si mesmos!

Depois não venha reclamar! Como se dizia antigamente:

”A fruta podre nunca cai muito longe da árvore”.

michaella

Michaella Enguel é Terapeuta Holística, Bióloga, Webmarketer, especializada em Coaching de desenvolvimento para Mulheres Empreendedoras.

You may also like...